Projeto de reciclagem da Fiemg mobiliza alunos da rede municipal

lixo

Uberaba gera, por dia, 300 toneladas de lixo, mas apenas 2% são reciclados

 Cinco escolas de Uberaba estão empenhadas na reta final da campanha "Plástico NÂO é Vilão", desenvolvida pela Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg) - Regional Vale do Rio Grande, dentro do Programa Fiemg Social. Até a próxima segunda-feira (02), a comunidade pode levar garrafas pet e qualquer outra embalagem de plástico nas escolas.

A ideia nasceu em março deste ano, mês da mulher, e foi apresentada em maio ao promotor de Meio Ambiente, Carlos Valera. Em outubro, durante a 7ª ExpoCigra Fiemg, o projeto teve início, com o apoio de um grupo de 35 mulheres do segmento empresarial. Elas estão engajadas como embaixadoras da campanha. O objetivo é incentivar a reciclagem do plástico, trabalhando as modificações da matéria-prima, desde a exploração no ambiente natural até retorno à natureza, passando pelos circuitos produtivos de consumo, recuperação, tratamento e eliminação de resíduos.

Todo o material doado será vendido para a Cooperativa dos Recolhedores Autônomos de Resíduos Sólidos e Materiais Recicláveis de Uberaba (Cooperu). O dinheiro arrecadado será dividido entre as escolas e o programa. O Fiemg Social usará os recursos para comprar fraldas descartáveis e doar para entidades filantrópicas.

As instituições participantes são: Escola Municipal Frei Eugênio, Escola Municipal Santa Maria, Escola Municipal Stela Chaves, Escola Municipal Uberaba e Escola Sesi Alberto Martins Fontoura Borges. "É uma oportunidade para o estudante aprender sobre toda cadeia produtiva do plástico, entender a importância da reciclagem e ainda colaborar com uma causa, despertando a consciência social na sua casa e no seu bairro", ressalta a presidente do Sindicato da Indústria de Material Plástico de Uberaba (Sindiplast) e vice-presidente da Fiemg Regional Vale do Rio Grande, Miria Rezende.

Reciclagem. Dados do Fundo Mundial para a Natureza (WWF, sigla em inglês) indicam que o Brasil é o 4º maior produtor de lixo plástico do mundo (11.355.220 milhões de toneladas por ano). O país também é um dos que menos recicla esse tipo de lixo: apenas 1,2% é reciclado (145.043 toneladas). Em Uberaba, segundo a Promotoria de Meio Ambiente, a cidade gera, por dia, 300 toneladas de lixo e apenas 2% desse total são reciclados.

O projeto "Plástico NÂO é Vilão" é uma realização da Fiemg Regional Vale do Rio Grande e Sindiplast com o apoio da Cooperu e da Secretaria Municipal de Educação de Uberaba (Semed).