Revisão tarifária da Cemig deve proporcionar aumento de 22,73% na conta de luz a partir de maio

cemig

A Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) realizou na última quarta-feira (28) em Belo Horizonte (MG) sessão presencial de audiência pública para debater a Quarta Revisão Tarifária Periódica da Cemig Distribuição S.A..

A audiência, ocorrida no auditório do Colégio Salesiano localizado no bairro Gameleira, contou com a presença de 134 participantes, dentre os quais 19 expositores que se manifestaram sobre a revisão tarifária da empresa.

A sessão, presidida pelo diretor da ANEEL Tiago Correia, teve participação de consumidores, representantes da Cemig, parlamentares e conselho de consumidores da Cemig.

Os índices finais deverão ser aprovados no final de maio em reunião de Diretoria da ANEEL e entram em vigor a partir do dia 28/5. A concessionária atende 8,3 milhões de unidades consumidoras localizadas em 774 municípios de Minas Gerais.

A revisão tarifária está prevista nos contratos de concessão e tem por objetivo obter o equilíbrio das tarifas com base na remuneração dos investimentos das empresas voltados para a prestação dos serviços de distribuição e a cobertura de despesas efetivamente reconhecidas pela ANEEL.

A audiência também discutiu a qualidade do serviço e os limites dos indicadores de continuidade da Duração Equivalente de Interrupção por Unidade Consumidora (DEC)e Frequência Equivalente de Interrupção por Unidade Consumidora (FEC) dos conjuntos da Cemig estipulados para o período de 2019 a 2023.