Prefeito de Franca prorroga decreto de emergência até dia 7 de abril

gilson de souza

O prefeito Gilson de Souza assinou e publicou ontem (23) em edição extra do Diário Oficial do Município, medidas complementares ao decreto anterior, do dia 19, ampliando até o dia 7 de abril a situação de Emergência Pública na cidade.

Conforme o chefe do Executivo, as razões são para reforçar as medidas preventivas no combate ao Coronavírus, inclusive com os fechamentos das indústrias e ambientes com aglomerações de pessoas. O decreto atualiza também normas com as medidas editadas no âmbito da União e do Governo Estadual.

No decreto anterior, as medidas de isolamento seriam até esta sexta-feira (27). Portanto, após o decreto assinado pelo governador João Doria, o prefeito de Franca adequou ao novo prazo.

Fábricas – Com esta última publicação, a prefeitura desta vez proíbe o funcionamento das fábricas de sapatos e feiras livres. Uma reunião com o sindicato dos trabalhadores e das indústrias com a presença do Ministério Público, está prevista para acontecer nos próximos dias.