APAS fará mutirão para castrar 110 animais através do ‘Castramóvel’

APAS

A APAS (Amigos e Protetores dos Animais de Sacramento) há algum tempo vem tentando realizar em Sacramento a castração em massa de animais tendo como foco as famílias de baixa renda do município, sendo que esse interesse surgiu em razão da necessidade de se realizar um controle mínimo de natalidade dos animais de rua que apesar da atuação dos protetores dos animais e do Poder Público, continuavam a se reproduzir culminando com o surgimento de várias ninhadas de filhotes pela cidade.

Sendo assim, a APAS constatou que grande parte dos filhotes abandonados são provenientes de residências na cidade e também na zona rural em que não há um controle efetivo de natalidade dos animais por parte de seus proprietários/tutores tampouco qualquer trabalho de conscientização para a posse responsável desses animais evitando a proliferação de ninhadas pela cidade e entorno.

O principal objetivo da APAS é castrar e conscientizar a população sobre a posse responsável e não há a intenção de se montar um canil ou abrigo para envio dos animais abandonados, mas sim educar a população para que respeite e cuide de seus animais. “Temos em mente que levar animais para canil ou mesmo para nossas casas estamos assumindo uma responsabilidade que cabe a cada cidadão ter e que a partir dessa ideia de que alguém cuidará, o problema só vem aumentando de forma descontrolada”, esclareceu uma das voluntárias da associação.

A partir desse ideal foi elaborado um projeto particular de castração de animais pertencentes a famílias de baixa renda em nosso município (ainda em finalização) e procuraram auxílio do “Castramóvel” da ONG Ajuda, que é um veículo que possui toda a aparelhagem necessária à realização das cirurgias de castração dos animais cadastrados e que se enquadrem nos requisitos pré-definidos pelos idealizadores do projeto.

No caso de Sacramento, graças ao empenho da APAS e amigos protetores dos animais, foi contemplado com a realização do mutirão de castração com a utilização do “Castramóvel” pertencente à ONG Ajuda.

“Gostaríamos de externar a nossa alegria, satisfação e agradecimentos à todos os colaboradores que de alguma forma se empenharam na concretização desse primeiro objetivo da APAS e consideramos essa vitória como sendo também da sociedade sacramentana que ama e protege seus animais. Nosso próximo passo é a obtenção do título de utilidade pública municipal e estadual para num futuro não distante adquirirmos nosso próprio ‘Castramóvel’”, destacam.

Entretanto, para que seja possível a realização do evento, a APAS necessita do apoio do Poder Público [que inclusive, ressaltam que já realizaram contato com o secretário de Meio Ambiente e o secretário de Saúde, de empresários, Ministério Público, entidades] e também de cada cidadão que puder contribuir de alguma forma, mesmo que seja como voluntário.

As castrações serão gratuitas, tem como objetivo atender famílias de baixa renda, pessoas que tem muitos animais adotados em sua residência e animais vagantes que tenham tutores, sendo que umas das exigências é que todos os animais castrados tenham donos ou tutores para o pós-operatório e também temos que oferecer toda a infraestrutura para alojamento do “Castramóvel” e despesas de transporte, alimentação e estadia de todos os 7 profissionais que acompanham o veículo, por isso a necessidade de parcerias conforme exigência da ONG Ajuda, dona do projeto. Veja na íntegra abaixo, a explicação detalhada do projeto para a cidade:

“As atividades da ONG AJUDA (Aliança Juiz Formosa para a Defesa dos Animais) foram realizadas pelo Governo de Minas, que tornaram-se parceiros de seus projetos, transformando nossos castramentos em UMEE (Unidades Móveis de Esterilização e Educação) e, através de emendas parlamentares do Deputado. Estadual Noraldino Jr. (amigo e parceiro) foram encontrados veículos e verbas para a realização de castrações por todo o estado, ampliando ainda mais nossa atuação.

 Para realização do evento de castração / esterilização, é importante que este trabalho percorra as várias cidades de Minas Gerais, promovendo a conscientização da população, através da educação humanitária e ambiental.

A quantidade de animais cadastrados por dia é o número de 55.  (não haverá uma lista de espera para a substituição de animais que por ventura não comparecerem no o dia-a-dia ou por animais que não passem pela avaliação veterinária do castromovel. Por essa razão pedimos que quem fizer o cadastro de seus animais tenham certeza que comparecerão no dia e que os mesmos estejam em boas condições de saúde (estamos estudando a possibilidade de realizar um exame antes da chegada do castrovel, afim de não perdemos nenhuma vaga). 

A média de castração será em torno de 40 a 55 animais esterilizados por dia (total de 20 gatos(as), 20 caninos fêmeas e 15 caninos machos).  Totalizando no final uma media de 110 animais esterilizados em 2 dias.”

Maiores informações serão publicadas nos meios de comunicação locais, além da página da APAS no Facebook.