Bombeiros resgatam vítima com parada cardíaca durante prática de esporte radical

esporte radical

Equipe do 8º BBM (Batalhão de Bombeiros Militar) de Uberaba resgatou a vítima Windimarc Borges Meirelles, 44, após passar mal depois de um salto durante a prática de esporte radical numa cachoeira localizada em Ponte Alta, na BR-262 – no acesso a Jubaí, na tarde deste domingo (08).

A vítima, que é de Sacramento (MG), foi resgatada em estado grave. Além dos bombeiros, foi acionado a unidade de resgate do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência e Emergência (Samu). De acordo com o Corpo de Bombeiros, quando o resgate chegou ao local, a vítima ainda estava consciente. As primeiras avaliações apontaram que ele sofreu uma parada cardiopulmonar (RCP) e foi reanimado até a chegada do socorro médico. Em estado grave, ele foi levado para o Hospital Escola em Uberaba e encaminhado ao bloco cirúrgico com suspeita de fratura pélvica.

Segundo informações, as pessoas que frequentavam a cachoeira durante o ocorrido, contaram que monitoraram o salto e ele desceu inerte até o chão. Ele recebeu os primeiros socorros ainda no local, prestados por outros integrantes do grupo.

Nas imagens de vídeo gravadas durante o momento da queda, é possível ver a vítima saltando, porém em dada circunstância, quando chega no limite percebe-se ela desacordada, depois do forte impacto; por pouco, Windimarc não bateu no paredão de pedra.

O esporte praticado por Windimarc é conhecido por saltos de “tranco jump” – uma espécie de bungee-jump praticado com cordas no lugar de elásticos. O Corpo de Bombeiros Militar orienta que a prática de esportes deve ser feita com a observação de princípios de segurança, uso de equipamentos de proteção individuais e sob a responsabilidade de pessoas tecnicamente habilitadas para prover assistência básica em caso de acidentes.

O portal TOPUAI teve acesso às imagens de vídeo do salto do bancário Windimarc, porém o mesmo contém cenas fortes e justamente por isso, optamos pela não publicação do mesmo.