Moradores querem solução para problemas no entorno da rua Carlos Uhlemann

Rua Carlos Uhlemann

2

Os moradores no entorno das ruas Carlos Uhlemann e Antônio Augusto da Silva Neto trouxeram à reportagem do TOPUAI esta semana diversos problemas da infraestrutura destas vias sobretudo os riscos causados na ponte durante o período das fortes chuvas.

Com isso, o portal procurou a assessoria do prefeito Wesley De Santi (Baguá) para apurar se o governo municipal teria alguma previsão e solução com obras nos locais e qual a resposta que seria dada a estes moradores.

Por e-mail, o jornalista da Prefeitura, Marcelo de Paula, afirmou que o prefeito Baguá garantiu através da Secretaria de Obras e Serviços Urbanos que o problema destas vias será tratado como prioridade no início de 2018.

A resposta em sua íntegra foi esta: “de acordo com a Secretaria de Obras e Serviços Urbanos, a mesma informa que os trabalhos para drenagem na Rua Carlos Uhlemann e Rua Antônio Augusto Silva Neto estão como prioridades pra o início do ano. Na travessia das ruas estão os principais problemas, porque no local não existe a ponte como muitos pensam. No local existe apenas a passagem do córrego em dois tubos que não comportam a vazão. Com a multiplicação do volume (vazão) que converge para a passagem, ocorrem as inundações. Devido ao alto custo das obras, foi viabilizado as obras pra o início do ano de 2018, obras que irão resolver os problemas, incluindo nova pavimentação e os serviços de drenagem”.

foto 1

O principal motivo da reclamação dos moradores é que durante o período de chuvas, o estrago é ainda maior nas vias e o perigo cresce constante. Portanto, mesmo com a promessa do governo, a expectativa é que realmente as obras saem definitivamente. Cabe lembrar, que durante muitos anos, os moradores desta rua, tinham o sonho de concretizar a promessa da iluminação, sendo a mesma efetivada em 2014, com os assentamentos de vários postes com luminárias.

* Redação/Daniel Afonso