Morre “Zé Nicolau”, expoente dos encontros de folias de reis em Sacramento

folia de reis

Sacramento perde um dos ícones da cultura popular do município: José Sebastião de Rezende (foto), mais conhecido por “Zé Nicolau”, grande expoente da organização dos encontros de folias de reis. Zé Nicolau morreu na noite desta segunda-feira (22), e segundo informações, ele adoeceu nos últimos dias e buscava tratamento.

Ele, juntamente com Antônio Claret Scalon, o “Polaco”, e Jair Ferreira (em memória) foram os precursores da realização do encontro de folias na cidade, desde o seu início, no mandato do então prefeito Luiz Magnabosco, há 31 anos, quando ainda era realizado no ginásio Marquezinho e depois ser transferido para o Parque de Exposições Hugo Rodrigues da Cunha.

Nos últimos anos, com todo o problema financeiro que assolou o país e ainda o município, os organizadores do encontro de folia de reis, não deixaram a “peteca” cair e embalaram para não deixar perder a tradição do evento. Zé Nicolau sempre esteve otimista e batalhou juntamente com os companheiros para o encontro acontecer. Na época, dizia assim: “A casa ainda não caiu, não. Estamos firmes para não deixar perder esta tradição”.

Em 2018, ele recebeu uma justa homenagem da Câmara Municipal. Através do vereador Edmilson Peres, recebeu a principal medalha do Poder Legislativo, a Comenda da Ordem “Dr. Clemente Vieira de Araújo”. No discurso do vereador, as palavras mais sutis resumiram a vida de Zé: “um homem simples, trabalhador, fervoroso, exímio pai de família, há muitos anos integra a folia de reis de nossa comunidade, uma tradição típica da cidade, que com suas bandeiras e cantorias levam alegria, som e a fé para todos os fiéis”.

Coincidência ou não, no próximo mês, acontece o 31º Encontro Regional das Folias de Reis, e a figura de Zé, com certeza, jamais será esquecida.