Sacramento perde ‘Maria Japonesa’

Maria Karashima

Faleceu na tarde desta quarta-feira (10), aos 91 anos, a senhora Rukiro Ueda Karashima, mais conhecida por todos os sacramentanos por Dona Maria Karashima ou Maria Japonesa. Foi casada com o saudoso Onobuji Karashima, com quem teve os filhos: Heide, Biro, Misa e Yoshihiro.

Uma mulher de caráter com um grande legado deixado aos filhos, netos e bisnetos. Exemplo de matriarca, aquela que dedicou seu amor à família e aos menos favorecidos.

Junto com o marido, foi uma das primeiras famílias japonesas a chegar à cidade; dedicou boa parte da vida às hortaliças, no sítio ao lado onde viveu até seus últimos dias. Dali, Onobugi saía com sua Kombi para vender verduras e legumes, tão bem cultivadas pelo casal.

Foram muitos anos assim... dona Maria ainda foi empresária de tradição no comércio de Sacramento. Quem não se lembra da loja “A Amarelinha”, bem no centro da cidade. Além do comércio, por muitos anos, exerceu com maestria o trabalho na alta costura, talento reconhecido por todos amigos.

Em 2016, pelos relevantes serviços prestados, Dona Maria recebeu a maior honraria do Município, a Comenda da Ordem de Nossa Senhora do Patrocínio do Santíssimo Sacramento, através do prefeito da época, Bruno Cordeiro.

Por toda esta trajetória, pelos valores deixados em vida e que serão perpetuados aos entes, amigos, conhecidos, enfim por todos, ela é digna de nossa homenagem. Vai com Deus, Dona Maria!

* Redação/Daniel Afonso