José Renato Marques recebe Mérito Empresarial da Federaminas

ace

Premiação foi entregue no sábado (26) e encerrou o Congresso das Associações Comerciais e Empresariais de Minas Gerais, em Araxá

 A premiação de reconhecido prestígio no Estado de Minas Gerais, o Mérito Empresarial, homenageou no sábado (26) 100 empresários de diversos municípios mineiros com atuação em vários segmentos da economia, dentre eles, o empresário sacramentano José Renato Marques, proprietário das empresas Sak’s Brindes e Café Marques da Costa.

O empresário que já havia recebido o Troféu Ângelo Crema pela ACE Sacramento no dia 28 de setembro, foi novamente homenageado, agora em âmbito estadual pela Federaminas.

A metodologia aplicada à esta premiação prevê a indicação pelas Associações Comerciais de empresários que tenham se destacado na atividade empresarial, na vida classista e em ações de interesse da comunidade, contribuindo efetivamente para o desenvolvimento socioeconômico local.

Além dos empresários indicados pelas Associações Comerciais, a Federaminas prestou homenagens especiais a personalidades que se destacaram em Minas Gerais através de projetos ou iniciativas voltadas para o empreendedorismo, o desenvolvimento econômico e social. "Por meio dessas pessoas reconhecemos o quanto o mineiro está se dedicando para superar os desafios desse momento que vivemos. Seguimos em frente com a esperança de que ano que vem teremos ainda mais motivos para enaltecer e comemorar o empreendedorismo e o associativismo", conclui Emílio Parolini, presidente da Federaminas.

O Mérito Empresarial encerrou o Congresso das Associações Comerciais e Empresariais de Minas Gerais. "É a nossa forma de reconhecer aqueles que localmente têm inspirado tanta gente. São empresários que, apesar das adversidades, estão se destacando, fazendo a diferença", explica Emílio Parolini.

Diretores e Colaboradores da ACE/CDL Sacramento participam de Congresso da Federaminas

O mês de outubro ficou marcado como um mês de mais conhecimento para os diretores e colaboradores da Associação Comercial e Empresarial de Sacramento (ACE) e Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) que participaram do XXII Congresso das Associações Comerciais e Empresarias de Minas Gerais, realizado pela Federação das Associações Comerciais e Empresariais de Minas Gerais – Federaminas entre os dias 24 e 26 de outubro no Tauá Grande Hotel Termas de Araxá, popularmente conhecido como Hotel do Barreiro.

O encontro que teve como tema “Realize-se” apresentou no evento ferramentas para que empreendedores possam, de fato, realizar mudanças em seus municípios, e dessa forma proporcionou aos diretores e colaboradores participarem de diversas palestras, feiras de startups, mesa redonda, workshop jurídico e premiações, como o ‘Prêmio Mulheres Além das Gerais’ que reconheceu o trabalho de 26 mulheres de garra e empreendedorismo nas suas cidades de atuação, e o Mérito Empresarial que homenageou no sábado (26) 100 empresários de diversos municípios mineiros com atuação em vários segmentos da economia.

O evento que é tradicionalmente um termômetro da atividade econômica e da expectativa dos mais diferentes setores frente aos panoramas local, estadual, nacional e internacional; reuniu 700 presidentes, diretores e executivos das Associações Comerciais de todo o Estado, além de empresários e representantes de outras entidades de classe. "Um recorde que fica como marco deste evento e que mostra o quanto os associativistas querem e estão em busca de superar os desafios. Programamos uma grade cheia, robusta que surpreendeu positivamente a todos", conta Emílio Parolini, presidente da Federaminas.

Palestras como a ‘Seja foda!’ de Caio Carneiro, ‘Desobediência Produtiva’ de Ivan Moré, ‘Acreditar e Ousar’ do bailarino Carlinhos de Jesus e ‘Inteligência emocional e influência’ de Pedro Aihara foram destaques do evento.

O jornalista Ivan Moré abriu a manhã da sexta-feira (25) no Salão Minas Gerais com a palestra "Desobediência Produtiva".   "O mundo está vivendo um processo profundo de transformação e nós precisamos mergulhar de peito aberto porque as oportunidades estão aí e muita gente não está percebendo porque está presa a formatos e metodologias ultrapassados".

Como orientação, Ivan aposta na colaboração como ferramenta indispensável.  "Você precisa entender que necessariamente você precisa ter um concorrente, mas todos são colaboradores. Se a pessoa desempenha um papel parecido com o seu naquele nicho em que vocês atuam, você pode, de repente, se associar a essa pessoa e fazer com que o setor tenha mais visibilidade e cresça, mas isso tudo é por meio de um formato de tentativa e erro. Não existem fórmulas certas de sucesso. Você precisa se propor a arriscar para que os resultados venham", ressaltou Ivan Moré.

Para a diretora da ACE/CDL, Sônia Maria Borges, participar do Congresso da Fedraminas é sempre uma oportunidade de aumentar o conhecimento. “Participar do XXII Congresso das Associações Comerciais de Minas Gerais foi uma oportunidade engrandecedora. Me fez pensar fora da caixa, me deu uma grande noção de futuro e ensinou várias técnicas que podem facilmente serem implementadas no dia a dia. Foi uma sinergia incrível com muita informação, networking e conhecimento, além de lindas e inspiradoras histórias que foram compartilhadas!”

Para o Consultor de Negócios da entidade, Alberto Melo, a experiência também foi reveladora. “Foi de maneira geral uma experiência muito produtiva, é um evento que tem a capacidade de transformar a visão do colaborador, fazendo-o ter outro olhar sobre sua empresa, sobre seu eu interior e suas atitudes, onde o fluxo de ideias se expande.”

Segundo o presidente da ACE/CDL, João Paulo Zago, é de grande importância incentivar os diretores e colaboradores a participarem do encontro. “O que acontece de mais importante quando os diretores e colaboradores participam de um encontro como esse, é a troca de informações, network entre associações, projetos e produtos trabalhados, capacitação e motivação que eles trazem para nossa entidade.”

Fonte: Federaminas/ACE-CDL Sacramento