Em Sacramento, quadrilha sequestra mãe e filha, levam caminhonetes e vivem momentos de pavor até Uberaba

sequestro

Informações obtidas pelo portal TOPUAI sobre ação de uma quadrilha que fizeram mãe e filha de reféns durante assalto na tarde desta quinta-feira (9). De acordo com a Polícia Militar, a mulher L. e sua filha M. de 15 anos, residentes em Sacramento (MG), foram abordadas por três indivíduos armados ao chegarem em sua casa, na rua João Manzan Suriani - nas proximidades do Bosque do Ipê/Escola Barão da Rifaina.

Durante a ação, os bandidos se dirigiram até a residência e colocaram dentro de uma caminhonete Toyota Hilux, de cor preta, aparelhos eletrônicos e vários objetos pertencentes as vítimas, que presenciaram todo o roubo, enquanto estavam reféns.

Os bandidos deslocaram de Sacramento – com dois veículos roubados das vítimas – levando-as como reféns até Uberaba. Lá, os autores obrigaram a mulher a fazer um saque em uma agência bancária no bairro São Benedito, enquanto mantinham a filha nas mãos de dois criminosos.

Foi feita uma retirada da agência no valor de R$ 18 mil. Tanto o gerente quanto os funcionários da agência estranharam o comportamento da mulher – que estava apreensiva - e acionaram o Centro de Operações da Polícia Militar (COPOM).

Durante a perseguição, a PM acompanhou que o veículo estava sendo conduzido pela mulher e um dos autores; no trevo entre a BR-262 com a BR-050, os militares abordaram o veículo, disparando com arma de fogo sobre os quatro pneus da caminhonete. O autor se rendeu e a mulher foi liberada.

O autor repassou à PM a identificação dos outros dois autores que fugiram com a filha da vítima em outro veículo. Diante das informações, a PM iniciou rastreamento, até que conseguiram localizar a vítima [menor] na estrada sentido à cidade de Delta.  

Completamente abaladas, mãe e filha não sofreram qualquer ferimento. Os autores que estavam com a menor, continuam foragidos.

O autor que estava com a mulher que fez a retirada do dinheiro foi preso em flagrante e a polícia continua na operação para localizar os outros dois.