Prefeito e Secretário de Saúde confirmam dois casos suspeitos do Covid-19 em Sacramento

coronavírus

Na tarde desta segunda-feira (23), agenda foi cheia para o prefeito de Sacramento, Wesley De Santi de Melo (Baguá) e para o Comitê Gestor para o Enfrentamento do Coronavírus. O prefeito gravou um vídeo que foi compartilhado nas redes sociais, colocando a situação real do Município sobre os casos suspeitos ou não do Covid-19. Além disso, ele publicou dois novos decretos.

Confirmado pelo prefeito na publicação e ainda através do contato da reportagem com o secretário de saúde, Reginaldo Afonso, Sacramento possui dois casos suspeitos do coronavírus. Trata-se de uma de criança, do sexo masculino, de 8 anos, que está internada na Santa Casa de Misericórdia; e um homem de 27 anos, que está sendo acompanhado na sua própria residência. Em ambos os casos, a secretaria está aguardando o resultado dos exames.

DECRETO I

No primeiro decreto de hoje (nº 103), o Município foi declarado como estado de calamidade pública decorrente do Covid-19. Dentre as medidas anunciadas, o prefeito proíbe a realização de cultos, missas e eventos religiosos em igrejas e templos; e ainda, o funcionamento do comércio ambulante, lojas comerciais, salões de beleza, clínicas de estética, academias, centros automotivos, bares, restaurantes, lanchonetes, cafeterias e trailers. A restrição continua sendo para farmácias, funerárias, correios, clínicas veterinárias, supermercados, açougues, oficinas mecânicas, borracharias e outros constatados no decreto. No caso do descumprimento, os estabelecimentos poderão ter os alvarás de funcionamento suspensos pela prefeitura.

No texto, ainda consta a suspensão do período de 60 dias para férias aos profissionais de saúde; vedado o funcionamento dos pontos turísticos públicos e privados; o transporte coletivo urbano também deverá funcionar com horário limite até às 20 horas.

Saiba tudo sobre o DECRETO Nº 103, CLICANDO AQUI.

DECRETO II

Já no segundo decreto publicado hoje (nº 104), o prefeito determina que a jornada de trabalho de servidores lotados em prédios públicos, visando o mínimo de atendimento à população, será até imediata deliberação das 8 às 12 horas. Os serviços essenciais terão o funcionamento normal.

Confira a íntegra do documento, DECRETO Nº 104, CLICANDO AQUI.

Assista abaixo o vídeo divulgado pela Prefeitura de Sacramento