Programa dos empregados da Cemig destina recursos para entidades da cidade

cemig

A Cemig, através do Programa AI6% - Formando Cidadãos da Cemig, há 17 anos já destinou mais de R$ 20 milhões para instituições de mais de cem municípios de Minas Gerais e, este ano, já foram arrecadados mais de R$ 1 milhão, segundo Washington Luiz Barbosa, coordenador do programa.

Por isso, o programa estimula doações dos empregados que contribuem anualmente para instituições beneficentes.

Este ano, segundo informações do colaborador Sandoval Oliveira, que trabalha na Usina Hidrelétrica em Jaguara, antes administrada pela Cemig e desde hoje (29) pelo Grupo Engie, três entidades sacramentanas foram beneficiadas: a APAE, Escola Eurípedes Barsanulfo e o Abrigo Doce Lar.

Conforme prevê o Estatuto da Criança e do Adolescente (Lei 8.069/1990), é permitida a dedução de até 6% do valor do imposto de renda devido de pessoas físicas e 1% das pessoas jurídicas, para doações feitas em favor dos Fundos da Criança e do Adolescente.

Desde que a doação esteja dentro dos limites estabelecidos, o valor destinado para as entidades é restituído de forma integral ao contribuinte, reduzindo o imposto de renda a pagar ou aumentando o imposto a receber.

De acordo com Washington, o programa AI6% incentiva os empregados a fazerem as destinações desses percentuais para instituições beneficentes, que são apadrinhadas, isto é, sugeridas e acompanhadas pelos próprios empregados. Para sua operacionalização, a Cemig firma uma parceria com os Conselhos Municipais da Criança e do Adolescente, para que repassem os recursos arrecadados às instituições, respeitando a legislação vigente.

* Redação/Daniel Afonso