PARTE 2 – Público do Rock in Sacra celebra por 13 horas os 5 anos de evento

Rock in Sacra

Mais de 1300 pessoas passaram pelo evento nesta nova edição

Sacramento vem mantendo a cultura de celebrar tradicionalmente o Dia do Rock, comemorado mundialmente todo dia 13 de Julho e pelo quinto ano consecutivo, a edição do Rock in Sacra aconteceu no último sábado (15), no Parque de Exposições, como evento oficial do Município, com mais de 13 horas de atrações e muita energia positiva.

E dentro desta proposta ainda está o rock consciente e o da solidariedade. Segundo um dos organizadores, o advogado Thiago Scalon, a cada ano o evento cumpriu com seus objetivos de fortalecer a cultura do estilo musical e realizando o cunho social com temas específicos. “Este ano abordamos a inclusão das pessoas portadoras de necessidades especiais, agora elas legalmente podem se casar, terem filhos, podem ter uma vida praticamente igual a todos, muda apenas a questão administrativa como a curatela, mas voltando ao evento em si, em 2017 trouxemos uma nova roupagem, viemos para o parque, estamos aqui como evento fechado, cobrando a entrada, bem barata e acessível a todos, com o objetivo de reunir amigos, que desde o início sempre teve este propósito e agora estamos dando continuidade a isso e esta edição abraçando a APAE”, disse à nossa reportagem, logo que fez a abertura, ainda emocionado com a causa que foi dada e a repercussão que estava por vir, sem contar ainda que poucas horas do término do evento, acabara de se tornar pai pela segunda vez (mas, é muita emoção hein!!!).

Esta foi a primeira edição que o evento foi planejado com a captação de recursos para mídias e com a divulgação de músicos do cenário do rock nacional fazendo o convite via redes sociais, o que se explica até mesmo, o grande público e a repercussão ainda maior. “O evento cresceu, o pessoal está aderindo cada vez mais, hoje temos mais jovens, mais adultos e até idosos, é bacana demais ver a moçada formando uma banda, saindo da garagem, de vir para cá; antes juntava apenas aquela galerinha que curtia, agora tem pessoas vindo de outras cidades, bandas de tão longe se inscrevendo, vimos neste trabalho, a união, a humildade e isso nos deixa muito feliz”, destacou Miriam Oliveira, uma das primeiras organizadoras do evento.

Foto 1
Produtores e músicos do evento juntamente com diretores da APAE comemoram o sucesso de mais uma edição (Foto: Alexsander Rodrigues)

O Rock in Sacra, inspirado no “Live Aid”, organizado por Bob Geldof e Midge Ure, nos EUA, com o objetivo de arrecadar fundos em prol dos famintos da Etiópia, culminou com a ideia de se tornar o dia do rock mundial devido à organização deste evento. Paralelamente a esta data, em Sacramento desde 2013, o festival abraça uma causa; na primeira edição, foi o antitabagismo, depois vieram: a guerra contra o crack (2014), os maus tratos com animais (2015) e a inclusão social dos idosos (2016).

A presidente da APAE, Roméia Dias Virgílio Popolim, reconhece o trabalho que foi realizado e agradece: “a diretoria toda está muito feliz de sermos agraciados com este evento, em um momento de crise como se encontra, esta moçada além de proporcionar alegria através da música, da arte, ela trabalha voluntariamente promovendo o bem. Com certeza os recursos serão bem-vindos, nós realmente contamos com todas estas ajudas e eles desde o primeiro momento mostraram que visam principalmente ajudar as entidades”, pontuou.

foto 5
Formada somente por músicos de Sacramento, a Banda Tia Inês foi uma das últimas a se apresentar e levar o seu bom som (Foto: Divulgação)