Sindicato Rural de Patos de Minas convida ABCZ para lançamento da Fenamilho 2018

ABCZ

Uma comitiva de representantes do Sindicato dos Produtores Rurais de Patos de Minas esteve nesta terça-feira (06) na sede da Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ) em Uberaba (MG) para convidar a diretoria da entidade a participar da Fenamilho 2018. O presidente do Sindicato, Elhon Cruvinel, oficializou o convite ao presidente da ABCZ, Arnaldo Manuel de Souza Machado Borges, que confirmou presença. A visita foi acompanhada por Fabiano Mendonça, que é diretor da ABCZ e vice-presidente do Sindicato Rural.

"Mais uma vez, fazemos questão de reforçar o nosso convite a essa importante entidade, reforçando nossa parceria. Nosso objetivo é fazer uma grande festa e esperamos receber cerca de 300 mil pessoas no Parque de Exposições", destacou Elhon Cruvinel, informando que em 2018, a Fenamilho comemora 60 anos e por isso será palco de 60 shows ao longo dos 12 dias de feira (de 23 de maio a 3 de junho).

Durante a visita, Arnaldo Manuel confirmou presença na Festa, retribuindo o convite para que os dirigentes da cidade vizinha participem da ExpoZebu 2018, que acontecerá entre os dias 28 de abril e 6 de maio. Participação que foi confirmada pela comitiva. "É uma entidade apoiando a outra e as duas em defesa do produtor rural brasileiro. Com essa união, quem ganha é a pecuária nacional e a nossa região, com exposições cada vez melhores", comemorou Fabiano Mendonça.

O nelorista, associado da ABCZ e também diretor do Sindicato Rural José Tarcisio Donizetti também integrou a comitiva de Patos de Minas e comemorou a aproximação da ABCZ com o Sindicato. "O Nelore na nossa região tem sua qualidade reconhecida por todo o país. Semanalmente, é promovido um grande leilão na cidade e a integração da ABCZ com o Sindicato ajuda a promover essa pecuária", destacou.

Toda a grade de shows da Fenamilho 2018 será conhecida na festa de lançamento marcada para o dia 2 de março, quando se apresenta em Patos de Minas a dupla Bruno e Marrone. "É uma festa que agrega tanto ações para o agronegócio quanto entretenimento de qualidade, que  com os melhores artistas do país. Sem dúvida, é um patrimônio cultural de Minas Gerais", definiu Damião Borges da Silva, diretor do Sindicato.