Codau explica cratera na Leopoldino de Oliveira

Codau

A cratera que se formou na Av. Leopoldino de Oliveira, próximo à rua Antônio Pedro Naves (pista centro/Univerdecidade) tem diâmetro de cerca de 4 metros (profundidade e largura). 

O motivo que se formou ainda está sendo investigado, pois foi preciso aguardar a chegada de uma escavadeira hidráulica nesta manhã de quarta-feira (16). Este equipamento possui um braço com alcance maior que os maquinários da Codau.
 
Os trabalhos nesta manhã já começaram e os engenheiros avaliam duas possibilidades para o ocorrido.  O rompimento ou do coletor de esgotos ou do antigo canal pluvial. Em ambos os casos, houve solapamento de terra, o que provocou o afundamento no asfalto. 

O tempo de recuperação da via ainda não foi estimado. Somente no final do dia será possível. Mas trabalha-se com um prazo em torno de dois dias.

O trânsito permanece desviado conforme orientações já repassadas para a imprensa: 
Quem estiver transitando na Leopoldino, sentido Centro/Univerdecidade, deve entrar à direita na Rua Treze de Maio, em seguida virar à esquerda na Rua Governador Valadares, depois à esquerda na Rua Antônio Pedro Naves e de lá ter acesso novamente à Leopoldino. 

E quem estiver vindo da Santos Dumont, tem a opção de entrar na Rua Treze de Maio e realizar este mesmo trajeto para alcançar a Leopoldino, sentido Centro/Univerdecidade. 

Ascom Codau