Em apenas dois meses, Sesurb retira mais de 50 toneladas de lixos de bueiros e bocas de lobo

prefeitura

A programação conta com uma máquina de sucção que acelera a retirada dos lixos que são descartados nas ruas da cidade

Operando desde fevereiro deste ano, a máquina de desobstrução de bueiros e bocas de lobo já retirou centenas de toneladas de lixo das ruas da cidade que contribuem para o entupimento das vias causando graves problemas, principalmente na época das chuvas. De acordo com o balanço divulgado nesta quarta-feira (5), pela Secretaria de Serviços Urbanos (Sesurb), responsável pelas equipes de limpeza na cidade, somente no mês de maio, foram retiradas desses canais mais de 18 toneladas de lixo. Sendo que em abril já havia sido 33 toneladas retiradas.  

A máquina garante a retirada dos lixos em poucos minutos, o que antes era feito em mais de meia hora e assim, dando maior eficiência no serviço prestado.

No primeiro trimestre, período com maior intensidade de chuvas, foram limpas as bocas de lobo e bueiros nas ruas e avenidas, entre essas: Santos Dumont, Santa Beatriz, Orlando Rodrigues da Cunha, Leopoldino de Oliveira, Guilherme Ferreira, Fidélis Reis, Nelson Freire, Gabriel Junqueira, João Pinheiro, Almirante Barroso, Tiradentes, Odilon Fernandes, Abel reis, Oswaldo Cruz, Marques do Paraná, Claricinda Rezende, Deputado Marcos Cherén, dentre outras.

O cronograma foi atualizado e atende agora os bairros chamados "altos" da cidade, tradicionalmente chamados de "sete colinas". Segundo o titular da pasta, Antonio Sebastião de Oliveira (Toninho), é fundamental a limpeza dos bueiros e bocas de lobo nas áreas não centrais da cidade para que a água tenha seu fluxo normal e esperado.

"Voltamos a pedir que a população contribua coma limpeza da nossa cidade. Todos nós somos responsáveis pelas ações em prol de uma cidade mais limpa. Para isso, ações simples fazem grande diferença e uma delas é apenas não jogar lixo no chão, o que acaba sendo jogado nos bueiros e bocas de lobo", explica o secretário.

A maior parte dos lixos retirados forma garrafas plásticas, copos descartáveis, restos de materiais de construção, roupas, calçados e outros materiais.

Outras ações - Para atender o fluxo, a Sesurb colocou à disposição duas equipes para a limpeza manual que atende os cinco setores da cidade. Com isso, segundo Toninho, é possível atender em cinco semanas, toda a cidade, repetindo o ciclo e atendendo as demandas existentes e as novas que forem surgindo.

Jorn. Sabrina Alves (Secom/PMU)