Encontro de Educação Inclusiva debaterá políticas públicas com municípios da região

Uberaba é referência no assunto e pretende efetivar ações para o setor

 

A Secretaria de Educação, por meio da Diretoria de Apoio à Educação Básica/Departamento de Educação Inclusiva, convida toda a comunidade para o 'Encontro Regional Conhecendo o Trabalho de Educação Inclusiva em Uberaba', na quarta-feira (18).

As atividades iniciam com abertura da exposição dos trabalhos dos alunos da Educação de Jovens e Adultos (EJA) – Educação Especial e Grupo Labor, na Biblioteca Pública Municipal "Bernardo Guimarães", às 10 horas. A exposição fica disponível até o dia 30 de setembro. A Biblioteca fica na Rua Alaor Prata, 317, no bairro Estados Unidos. O atendimento é de 8 às 18 horas de segunda a sexta e de 8 às 12 horas aos sábados. O telefone é 3332 1900.

No segundo momento acontece o "Encontro Regional de Educação Inclusiva – Tecendo Políticas e Efetivando Ações", às 14 horas, com apresentação do trabalho executado por Uberaba. O encontro será no anfiteatro Mário Pimenta Camargo, no Centro Administrativo Municipal, que fica avenida Dom Luiz Maria de Santana, 141, no bairro Santa Maria.

Uberaba é polo na orientação, formação das políticas públicas e no trabalho com a educação nos 39 municípios de abrangência. A coordenadora pedagógica do Projeto Labor, Janaína Lopes Gomes, explica que o trabalho da rede municipal objetiva garantir à população de pessoas com necessidades especiais o atendimento educacional especializado e a permanência na escola da rede municipal. "É a garantia da consolidação de um sistema de ensino inclusivo, responsável por operacionalizar políticas de inclusão para todos. Todas as nossas ações são de grande relevância para a promoção humana e social", diz.

A chefe do Departamento de Educação Inclusiva, Denise Scussel, ressalta que este encontro visa viabilizar o estreitamento dos laços e a troca de informações entre municípios. "A expectativa é que todas as cidades vizinhas sejam parceiras, em forma de troca de experiência debates, cursos, formação profissional visando sempre o fortalecimento e consolidação da Política de Educação Inclusiva", declara Denise.

Fonte: Jorn. Ana Rizieri (SECOM/PMU)