Escolas apresentam protótipo de startups em feira pioneira de empreendedorismo

sebrae

Uberaba foi escolhida pelo Sebrae para realizar a primeira Feira de Ideias e Olimpíada do Empreendedorismo e Inovação em Minas

A inovação chegou às escolas municipais de Uberaba, por meio de ações simples, pesquisas e conhecimentos que geraram produtos e serviços para a 1ª Feira de Ideias e Olimpíada do Empreendedorismo e Inovação, realizada pela Secretaria Municipal de Educação e Sebrae, pioneira em Minas. O campus do IFTM, no Parque Tecnológico virou palco de muita criatividade.

O prefeito Paulo Piau conferiu algumas ideias e participou da premiação das escolas. E, coincidência ou não, o primeiro lugar foi para o projeto da Escola Municipal Professora Geni Chaves, cuja equipe de Jovens Empreendedores criou o APP Cidade Conectada. O aluno Adrian Alexandre contou que não esperava o primeiro lugar, mas a ideia, apareceu a partir de uma pesquisa realizada com o Grêmio Estudantil da Escola. O objetivo do APP é que a comunidade tenha um canal direto com a prefeitura, enviando fotos e informações sobre o que precisa melhorar. "Vamos sair daqui com outra visão, com mais experiência até de falar em público", comenta o aluno.

A segunda colocada foi a equipe da Escola Municipal Frei Eugênio, com o projeto Signal Translator, um aplicativo que traduz em Língua de Sinais uma conversa com um surdo. Um avatar faz a tradução.

E o terceiro lugar ficou com a Escola Municipal Professora Stella Chaves, com o projeto Crer, de preservação ambiental. Por meio da reciclagem do óleo de cozinha para produção de sabão, os alunos arrecadam embalagens pet e latinhas de alumínio, em troca de um litro do produto. Neste ano de 2018, foram 44 mil embalagens pet arrecadadas.

Piau lembrou que são ideias como essas que promovem as cidades como locais inovadores, lembrando que ele foi premiado, por três vezes, como Prefeito Empreendedor, também pelo Sebrae. Para ele, a semente está lançada com uma nova esperança. "A partir daqui, sei que teremos em breve um Brasil diferente. O que vemos aqui não é só uma educação que faz a diferença, mas uma postura política que nos mostra como estaremos apertados com essa geração que vem ai, com tantas boas ideias", completa.

Ele ainda citou o Parque Tecnológico de Uberaba, hoje sob a gestão de Raquel Resende, que foi uma ideia dele há alguns anos, e hoje se tornou referência no Brasil, sendo o 6º no Brasil em produção de Startups.

Silvana Elias, secretária municipal de Educação, admite que nada disso seria possível sem o apoio do gestor público que acata as ações de uma forma aberta e confiante. "Uberaba nunca mais será a mesma, porque estamos entregando a vocês um país que não está bom, mas estamos preparando vocês para serem águias", diz.

A gerente de projetos de Educação do Sebrae, Fabiana Pinho, concorda com Silvana, de que os jovens ali presentes serão lideranças para a escola, a família e a comunidade. "A proposta do Sebrae é fomentar a educação por meio do empreendedorismo, que não se faz sem falar em inovação", considera.

Andréa Marques, do Sebrae, lembrou dos parceiros como as universidades e o IFTM, onde foi a sede da Feira, além dos patrocinadores dos prêmios, Papelaria Exata e Ideal Tintas. Os vencedores ganharão também uma viagem ao Sebrae de BH para conhecer o projeto empreendedor.

Estiveram presentes também a secretária adjunta de Educação Monica Rodrigues, equipes da Secretaria Municipal de Educação e do Sebrae Regional Triângulo Mineiro e BH.

Comunicação Semed/PMU