Infraero investe R$ 13 milhões na reestruturação da pista e do terminal de passageiros do aeroporto de Uberaba

Infraero

Obra da pista irá gerar 250 empregos.  Com o apoio da Prefeitura, Infraero segue com o projeto Decola Uberaba e reúne representantes de diversos segmentos para tratar da ampliação de vôos.

O pedido do Prefeito Paulo Piau para a ampliação da capacidade de passageiros do Aeroporto de Uberaba foi atendido pelo presidente da Infraero, Antônio Claret, que anunciou dois projetos: modernização e ampliação do terminal de passageiros e recuperação da pista de pouso e decolagem, com investimentos da ordem de R$ 13 milhões.

 O anteprojeto que visa à ampliação e modernização do terminal foi apresentado pela Infraero em reunião nessa segunda-feira (10). O diretor de operações e serviços técnicos da Infraero, João Márcio Jordão, explicou que o investimento previsto será na ordem de R$5 milhões e agora segue para licitação e contratação da empresa responsável pelas obras de ampliação do espaço. O anteprojeto foi elaborado por engenheiros da Infraero.

"O aeroporto ampliará sua capacidade de movimentação para 3,9 milhões de passageiros/ano, aumentando a área total do aeroporto de 1.545 m2 para 3.024m2", explicou Jordão.

Vale destacar que o projeto conta ainda com a ampliação das salas de embarque e desembarque e ampliação das áreas comerciais que passarão de 67m2 para 235 m2. O encontro contou com a presença de representantes de entidades de classe, empresários, órgãos públicos de segurança e convidados que estão mobilizados em prol do aumento no número de vôos e redução no preço da tarifa hoje praticada na cidade.

"Essa reunião com a Infraero foi muito importante, porque através de um esforço mútuo poderemos valorizar o aeroporto de Uberaba, que é gerido por uma empresa pública com a participação de companhias aéreas que podem vir para a nossa cidade. Por isso pedimos uma atenção para Uberaba que é pioneira na aviação civil e, atualmente está tendo seu desenvolvimento prejudicado por isso. É possível e é viável termos mais passageiros com uma melhor competição nos preços praticados em relação a outros aeroportos próximos. Com a boa vontade e o esforço de todos conseguiremos atingir êxito", disse Piau.

O presidente da Infraero, Antonio Claret, foi enfático ao dizer que Uberaba é um importante pólo comercial e agroindustrial e tem no aeroporto uma comodidade de segurança para a realização das operações contando com vias de acesso rápido, com facilidade e acessibilidade que colocam o aeroporto da cidade, como um dos mais importantes e mais bem localizados do interior de Minas Gerais.

Pista de pouso e decolagem. Na ocasião, foi assinada a ordem de serviço que marca o início das obras de recuperação da pista de pouso e decolagem do aeroporto de Uberaba. Segundo a direção da Infraero, as obras de recuperação da pista são realizadas periodicamente nos aeroportos da rede Infraero. Em Uberaba, os serviços estarão sob a responsabilidade da construtora Transvias, vencedora da licitação, e terá um custo estimado de R$8 milhões. O resultado dessas obras, segundo o presidente da Infraero, é de aumentar a vida útil da pista em mais 20 anos.

As atividades terão início no próximo dia 17 de setembro e a previsão inicial para o término, segundo a programação anunciada seria para julho de 2019. Entretanto, Claret, garantiu, que a pista será entregue em dezembro deste ano.

Ao todo, o projeto de ampliação de pista gerará a contratação de 200 empregos, sendo 50 diretos e outros 150 indiretos.

"Uberaba, como foi dito, tem um potencial grande de crescimento e a Infraero sempre esteve de olho nos seus aeroportos. A pista não está num estado ruim e nem inacabada, o que acontece são melhorias previstas pela Infraero e que realizamos com frequência, garantindo a segurança de todos os seus usuários. Acreditamos que existe esse potencial de crescimento para a cidade", destacou o diretor.

Desenvolvimento econômico. Uberaba vem recebendo inúmeros investimentos empresariais, no turismo, que tem colocado o município em destaque internacional. E o anúncio dos investimentos em relação ao aeroporto só confirma a potencialidade da cidade, como ressalta o secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo, José Renato Gomes.

"A assinatura da ordem de serviço para a ampliação do aeroporto abrirá espaço para que qualquer empresa possa entrar na cidade e para as coisas aconteçam de fato. Uberaba perde muito quando não tem gás e perde muito quando não tem vôo. Estamos focados para que Uberaba possa ter essas duas matérias tão importantes para o nosso desenvolvimento econômico.", finaliza o secretário.

Decola Uberaba aponta a cidade como polo para a aviação do Brasil

Diversas ações a fim de corroborar com a melhoria dos serviços de aviação e, consequente ampliação no número de passageiros em Uberaba ocorreram durante o encontro entre o presidente da Infraero, o prefeito Paulo Piau e representantes de diversos segmentos. Em uma das apresentações, a doutora em Engenharia de Transportes, professor da Universidade Federal do Triângulo Mineiro, Viviane Falcão, falou sobre a análise de mercado do aeroporto de Uberaba. A apresentação faz parte do projeto Decola Uberaba conduzido pela equipe da Infraero e com o apoio da Prefeitura de Uberaba, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico.

Ela apresentou dados que apontam uma demanda reprimida de passageiros na cidade, visto que levantamento, aponta que cerca de 45 mil passageiros deixam de utilizar o aeroporto local, dando preferência para outros modais – rodoviários e outros aeroportos localizados em cidades vizinhas.

Viviane analisou a dinâmica do movimento de passageiros nos aeroportos e nas rodoviárias das cidades da região e constatou que em Uberaba existe espaço para esse crescimento, bastando apenas o trabalho e envolvimento de todos os setores.

O prefeito Paulo Piau, parabenizou a equipe da Infraero pelo esforço contínuo em torno do projeto Decola Uberaba e falou sobre a importância do projeto.

"A professora da UFTM mostrou claramente a viabilidade desse aeroporto. Com o esforço de toda a comunidade, da Infraero e das empresas aéreas temos a certeza de que dobraremos a movimentação de passageiros deste aeroporto. Esse projeto é uma peça chave para o crescimento de Uberaba e região, pois permite a integração entre universidade, órgãos públicos e empresários que dependem da aviação para fazer seus negócios, buscar investimentos e projetos de crescimento para a cidade", explicou Piau.

Elaborado pela gestão do Aeroporto de Uberaba, o Decola Uberaba tem permitido estreitar relações com a sociedade. Segundo os idealizadores, uma série de reuniões foi realizada nos últimos nove meses com os diversos setores da sociedade uberabense.

"Nosso objetivo é dialogar com todos os pontos de contato e estudar o aeroporto, conhecer a sua vocação, em vez de fazer uma gestão empírica", explicou o superintendente do Aeroporto de Uberaba, Carlos Alberto Menezes da Costa.

Para o secretário de Desenvolvimento Econômico, José Renato Gomes, o envolvimento da Prefeitura, junto à Infraero, bem como representantes de diversos segmentos, dará um resultado positivo. "Temos potencial e mais que isso, precisamos ampliar a oferta de voos, melhorar o preço das passagens e este projeto está bem estruturado e tem foco. A Infraero pode contar com a gente, pois estamos juntos nessa empreitada. É interesse dos cidadãos e também dos empresários. Melhorar nosso sistema viário, amplia nossas oportunidades de receber investimentos e nos tornarmos também um polo turístico", finalizou.

Uberaba sediará Treinamento de bombeiros da Infraero 

Mais uma novidade foi anunciada durante a apresentação do anteprojeto de ampliação de modernização do Terminal de Passageiros do Aeroporto Mário de Almeida Franco.  Em reunião com o prefeito Paulo Piau, na última segunda (10), o presidente da Infraero, Antonio Claret se comprometeu a implantar no aeroporto local uma Organização de Ensino de Serviço de Prevenção, Salvamento e Combate a Incêndio (OE-SESCINC).

O Tenente Coronel Passos, do 8° Batalhão Bombeiros Militares Uberaba destacou que a parceria está sendo desenhada e segue em fase final. "Já estamos prontos para recebermos os bombeiros da Infraero espalhados pelo Brasil", disse. 

Segundo João Márcio Jordão, diretor de engenharia e serviços da Infraero, o Centro de Treinamento ficará em uma área existente e permitirá à Infraero reduzir os custos de treinamento de pessoal.

Já o prefeito Paulo Piau disse que a reunião gerou um sentimento de missão cumprida e que a notícia sobre o Centro de Treinamento do Corpo de Bombeiros só comprova a potencialidade da cidade em vários aspectos. "Vamos continuar lutando pelo crescimento da nossa cidade e essas parcerias só comprovam que estamos no caminho certo", pontuou Piau.

SECOM/PMU