Instituições assistenciais de Uberaba serão beneficiadas com doação de área

Instituições assistenciais

Representantes de seis instituições filantrópicas de Uberaba se reuniram com o prefeito Paulo Piau e com o secretário de governo Luiz Humberto Dutra para tratarem dos termos de concessão e uso de áreas para continuidade da prestação de serviços em prol da comunidade uberabense.

Dutra explica que duas delas já assinaram o termo de contrato de concessão de direito real de uso. São elas: Associação de Acolhimento ao Idoso Anjos do Bem e a Arquidiocese de Uberaba que será utilizada pela Paróquia Santa Bárbara – Capela São João Paulo II.

Já a Associação dos Amigos da Esperança, Associação Humanitária dos Direitos Sociais (Grupo Cáritas), Grupo Espírita Irmã Lourdinha e a Associação Mineira de Equoterapia assinaram o documento que será enviado para a Câmara Municipal de Uberaba, para apreciação do direito a concessão de direito Real de uso da área pública.

"Essas instituições foram escolhidas devido sua relevância à sociedade. Esse é o nosso papel, olhar pelas instituições que tem papel fundamental na história de Uberaba e que prestam serviços sérios em prol da população", disse Dutra.

Piau reforçou a importância de todo o trabalho prestado pelo Terceiro Setor e a parceria junto a Prefeitura em prestar o bem àqueles que mais precisam. "Temos que cuidar da nossa gente. Somar àqueles que queiram de fato somar. E, sobretudo, exerçam papel importante junto à sociedade", destaca.

As demandas tiveram a participação do vice-prefeito João Gilberto Ripposati e dos vereadores Rubério Santos, Alan Carlos e Cleomar Barberinho. Ripposati agradeceu o prefeito Paulo Piau pela assinatura dos projetos de lei de concessão de áreas públicas às instituições, ressaltando a importância deste ato.

"Essas instituições são exemplo de cidadania e tem feito a diferença, somando as ações da Prefeitura através dos projetos sociais que desenvolvem. Parabéns ao prefeito, equipe de governo, instituições e Câmara Municipal, também importante na condução, apreciação e votação dos projetos", pontuou o vice.

Fonte: Jorn. Sabrina Alves e Renata Gomide (SECOM/PMU)