Livros de Mário Palmério são relançados pela ALTM

uniube

A Academia de Letras do Triângulo Mineiro (ALTM), em parceria com a Livraria Lemos e Cruz e a Universidade de Uberaba (Uniube), realizou ontem (7), o relançamento de duas obras do acadêmico e imortal, Mário Palmério: "Vila dos Confins" e "Chapadão do Bugre". A solenidade, aberta à comunidade, acontecerá no Centro Cultural Cecília Palmério, no Campus Centro, a partir das 19h.

O livro Vila dos Confins, publicado em 1956, foi o primeiro romance de Mário Palmério. A obra conta a história da primeira eleição para prefeito e vereadores de um remoto lugarejo do sertão brasileiro: a Vila dos Confins, município recém-emancipado. O romance é um triste retrato do processo eleitoral no Brasil no século 20, com compra e aliciamento de votos, coação e fraudes de todo o tipo. Além do caráter político, o livro também aborda a vida no sertão e os costumes da região onde a trama se dá.

Já o livro Chapadão do Bugre foi publicado em 1965. A obra, inspirada na chacina política, ocorrida no início do século 19, em uma pequena cidade do interior de Minas Gerais, descreve uma paisagem marcada pela violência relacionada a disputas, vinganças e paixões. Trata-se de um clássico testemunho da vasta experiência que Mário Palmério acumulou nas andanças dele pelo Brasil afora, quando conviveu com coronéis e jagunços.

"Entendemos que as obras de Mário Palmério, realmente, mereciam um destaque e uma notoriedade. Por tudo o que ele fez, escreveu, pela pessoa que ele foi e pela obra que edificou em torno do ensino, merecia esta homenagem. Então, estamos fazendo um relançamento nacional que corresponde ao valor de Mário Palmério. Se não fosse ele, com a sua pujança, seu empreendedorismo, seu talento, sua inteligência e sua capacidade, Uberaba não passaria de uma cidade sem realce. Mário Palmério redirecionou os destinos de Uberaba, da região e também do Brasil", destaca o presidente da ALTM, João Eurípedes Sabino.