Obras do Espaço Artur Machado deixará trânsito em meia pista esta semana

obras

Entre os dias 15 e 21 acontece o fechamento total de algumas vias

As obras de drenagem e de nivelamento da travessia que ligará a Catedral Metropolitana à Praça Rui Barbosa deixará parte do trânsito impedido em algumas ruas do centro de Uberaba. Os trabalhos começaram nesta segunda-feira (8). De acordo com o titular da Secretaria de Obras (Seob), Marcondes Freitas o trânsito das ruas Olegário Maciel e Tristão de Castro – nos quarteirões da igreja estarão em meia pista até o dia 14. A ação evitará o fechamento total das ruas que estava previsto no cronograma inicial.

"Já a partir do dia 15 de outubro acontecerá o fechamento total nas duas ruas, assim permanecendo até o dia 21 – domingo", diz o secretário. As datas, segundo ele, podem sofrer alterações que serão comunicadas previamente pelos veículos de comunicação oficiais da Prefeitura.

Outra alteração prevista será na Rua Santo Antônio, entre o Hospital São José e a Rua São Sebastião e entre a Praça Rui Barbosa e Rua major Eustáquio, com fechamento total das vias, porém com trânsito local liberado. Já nas ruas Olegário Maciel, e Tristão de Castro, bem como nas laterais da Praça Rui Barbosa o impedimento total das ruas será total. Também estará liberado o trânsito local neste trecho. Para facilitar para os motoristas serão colocadas faixas e placas de orientação nos principais trechos interditados.

Calçadão. A primeira fase do projeto de revitalização das fachadas do Espaço Artur Machado (Calçadão) terminou nesta segunda-feira (8) e diante do acordo entre a Prefeitura e os lojistas foi iniciado o assentamento do piso final deste trecho. Agora, os lojistas concentrados no entorno da Praça Rui Barbosa terão até o dia 22 deste mês para retirar marquises metálicas antigas e se adequarem à determinação do uso de fachadas que mantém a arquitetura original dos prédios.

Projeto. A instalação das fachadas deve seguir o padrão de pelo menos 70 centímetros de largura pelo comprimento da fachada e altura mínima a partir do solo de 2,5 metros. A proposta é valorizar as edificações históricas da região possibilitando a visibilidade da arquitetura dos espaços.

Quem tiver dúvidas sobre o projeto pode acessar o site da Prefeitura de Uberaba, http://www.uberaba.mg.gov.br/portal/conteudo,44625.

Secom/PMU