Piau assina termo de adesão de cooperação WRI para garantir qualidade do BRT

BRT Vetor

A parceria contribuirá para a mobilidade urbana e vai de encontro à integração do U+20, proposto para 2020 

O prefeito Paulo Piau esteve reunido durante a tarde desta terça-feira (7), com a gerente de Mobilidade Urbana, Cristina Albuquerque e com a analista de Mobilidade Urbana, Mariana Barcelos, da WRI Brasil, para a assinatura do termo de Adesão que integrou Uberaba ao grupo de municípios que operam com o Sistema BRT (Bus Rapid Transit).

A reunião foi um desmembramento do encontro que aconteceu em 2016, quando representantes da empresa estiveram com o prefeito para conhecerem melhor a implantação dos projetos de mobilidade urbana que estão sendo viabilizados na cidade e prestar apoio ao sistema BRT, que segue em expansão.

Uberaba foi inserida no grupo de Benchmarking QualiÔnibus, que atua na troca de experiência vivenciadas pelas cidades visando à qualidade do transporte coletivo. Participam do projeto: Belo Horizonte e Região Metropolitana, São Paulo, Uberlândia, Rio de Janeiro, Fortaleza, Recife, Juiz de Fora, Joinville e, agora, Uberaba integra o grupo.

"A mudança de paradigma na mobilidade começará quando o transporte coletivo se tornar competitivo e atrativo em relação a outros modos de transporte. A falta de priorização e de infraestrutura de qualidade contribui para que os ônibus venham perdendo passageiros a cada ano. Isso leva ao uso excessivo dos carros aumentando os congestionamentos e causando graves prejuízos as pessoas. Buscamos oferecer ferramentas que auxiliam na qualificação do transporte coletivo para fidelizar e atrair passageiros e consequentemente melhor a qualidade de vida nas cidades", explica Cristina Albuquerque.

Mariana Barcelos reforçou que é preciso entender os hábitos e necessidades de quem usa e depende do transporte coletivo para torná-lo eficiente e atrativo. "Os próximos passos desse projeto em Uberaba será a aplicação de pesquisas quantitativas e qualitativas, desenvolvidas pelo WRI Brasil, para avaliar a qualidade do transporte coletivo a partir da experiência dos clientes", diz.

A ferramenta adotada pelo município foi a QualiÔnibus, que avalia a percepção dos usuários desde a qualidade das estações até a satisfação com a frequência e conforto dos veículos. Os Indicadores de Qualidade QualiÔnibus contemplam, além da satisfação dos usuários, indicadores de desempenho, planejamento e gestão do serviço.

Mobilidade Urbana. O prefeito Paulo Piau fez questão de destacar que Uberaba está em amplo crescimento e cuidar desse interesse é uma obrigação. "Essa parceria contribuirá para a mobilidade urbana da cidade. A WRI é uma instituição que desenvolve um trabalho especifico e com isso teremos condições de avançar com o transporte público atendendo ao crescimento da cidade e indo de encontro com a realidade presente em vários países".

O secretario de Defesa Social, Trânsito e Transporte (Sedest), Wellington Cardoso também comemorou o feito dizendo que a ação demonstra a preocupação da administração com a população. "Não existiu custo algum para o município, mas sim uma parceria. Esse conceito é bem comum em países de primeiro mundo que visa o compartilhamento de experiências como é o caso da WRI com Uberaba".

Por fim, o superintendente de Transporte Público, Claudinei Nunes, disse que a parceria contribuirá para a cidade. "Temos que agradecer ao prefeito a confiança depositada e a WRI que está oficialmente inserida no transporte coletivo da nossa cidade".

Grupo de Benchmarking. A Pesquisa de Satisfação e os Indicadores de Qualidade possuem uma estrutura ao mesmo tempo padronizada, para permitir o benchmarking, e flexível, para que possam ser utilizados por cidades de diferentes portes e diferentes necessidades. O Grupo de Benchmarking utiliza os Indicadores de Qualidade como metodologia para a coleta de dados dos sistemas, e a Pesquisa de Satisfação é a ferramenta que ajuda as cidades a obterem os dados referentes à satisfação dos usuários.

SECOM/PMU