Piau discute ações para coibir gastos com vandalismo

Paulo Piau

O prefeito Paulo Piau participou na manhã desta quarta-feira (08) de uma reunião com secretários e representantes da gestão municipal, a fim de discutir o aumento com os gastos da verba pública em decorrência dos inúmeros casos de vandalismo que vem acontecendo na cidade.

A pauta foi motivada depois de um pedido feito pelo Departamento de Transporte Público, da Secretaria de Defesa Social, Trânsito e Transporte em relação aos gastos gerados recentemente com o conserto e a compra de novos equipamentos de ar condicionado instalados nas estações do BRT, no valor de R$12 mil. Diante desse pedido, o prefeito convocou os gestores para discutirem medidas que possam coibir esses atos.

A partir dessa discussão, os secretários e chefes de departamento que estiveram presentes também apresentaram propostas e situações que consideram graves e que vão de encontro com esses registros de vandalismo em patrimônios públicos. Somente no passado foram trocadas mais de 100 placas de vidros quebradas das estações de BRT.

"Prejudicar um bem público é algo grave e esse comportamento é inadmissível. Dinheiro público deve ser respeitado e gasto com a educação, saúde, esportes, enfim, com algo que deve ser gasto de fato e em benefício de todos", avalia Piau.

Diante dos fatos, o prefeito manifestou preocupação e determinou que medidas previstas em lei fossem aplicadas e que os responsáveis sejam punidos.

"Temos que agir com mais rigidez. Existe um Código Penal e um Código Civil que proíbe essas ações. Não interessa quem pratica esse ato, se for menor de idade, os responsáveis devem ser responsabilizados se forem maiores de idade devem ser punidos também e em ambos os casos devem arcar com os danos", pontuou.

SECOM/PMU