Presidente da CMU pede a suspensão da cobrança do estacionamento rotativo

estacionamento rotativo

Os problemas provocados pelo início da cobrança do estacionamento rotativo em Uberaba preocupam o presidente da Câmara Municipal, vereador Ismar Vicente dos Santos “Marão” (PSD). Nesta terça-feira (08) ele encaminhou um ofício ao prefeito Paulo Piau, pedindo providências.

No documento “Marão” pede que a cobrança do estacionamento rotativo seja suspensa “até que esteja em perfeito estado de funcionamento, incluindo o correto treinamento e orientação dos monitores e fiscais, bem como o perfeito estado de funcionamento e operação das máquinas de cobrança (totens)”.

O vereador solicita, ainda, que sejam anuladas todas as notificações/multas de trânsito registradas na data de 07 de janeiro de 2018, para todos os veículos notificados/multados no sistema do estacionamento rotativo, devido aos inúmeros problemas operacionais registrados.

Muitos problemas foram relatados no primeiro dia de funcionamento do novo sistema, como parquímetros fora de operação e a ausência de agentes de trânsito ou monitores para orientar os motoristas. O estacionamento rotativo havia entrado em funcionamento no dia 20 de dezembro, em caráter educativo, passando a ser cobrado a partir da última segunda-feira (07).

As principais áreas comerciais da cidade foram divididas em áreas azul ou vermelha, como forma de provocar um rodízio nas vagas de veículos. Conforme foi divulgado pela Prefeitura, mais informações e detalhamento do processo de funcionamento do aplicativo e do sistema EXP Parking pode ser encontrado no site https://expparking.com.br/useoapp/, onde está disponível o guia básico.

Comunicação CMU