Ronaldo Amâncio toma posse como presidente da Fundação Cultural

Fundação Cultural

O novo gestor destacou que  sua religião não influenciará nas ações culturais populares 

Ronaldo Amâncio é o novo presidente da Fundação Cultura de Uberaba. A posse aconteceu na tarde de hoje na Galeria de Arte Raquel Machado. Amâncio é musico. Começou a tocar violão aos trezes anos. Estudou música no conservatório Renato Frateschi, onde também foi integrante do diretório acadêmico. Já passou pela Fundação Cultural na primeira gestai do prefeito Paulo Piau. Durante seu discurso destacou que sua religião não influenciará nas políticas culturais de Uberaba.

"Sei que minha passagem como presidente será muito rápida. Vamos quebrar paradigmas e mostrar que respiramos cultura. Através da cultura, podemos quebrar preconceitos, traçar novos rumos e construir uma sociedade melhor. Não tenham medo se eu sou evangélico, pois no evangelho de Jesus Cristo, aprendi que o amor ao próximo tem que estar acima de qualquer barreira religiosa, racial, ideológica e até mesmo cultural", afirmou.

Piau esclareceu a necessidade de voltar o trabalho da FCU para a cultura popular.

"O Ronaldo chegou com a missão principal de colocar em foco a cultura popular".  Ernani Neri, vice-presidente que vinhab respondendo interinamente pela presidência, destacou a equipe e as ações do bicentenário, além, dos próximos grandes eventos programados para esse semestre e para o próximo ano. 

Jorn. Izabel Durynek - Comunicação FCU