Secretaria Municipal de Educação formaliza parceria com Instituto Algar

Secretária de Educação

Projeto trabalhará o raciocínio lógico, inclusive com reutilização dos UCA´s (Um Computador por Aluno)

O prefeito Paulo Piau formalizou, na manhã desta sexta (11), parceria público-privada entre a Secretaria Municipal de Educação e o Instituto Algar, para a implementação do projeto Conectados, que trabalha, dentro de uma plataforma, a tecnologia com formação de educadores e alunos, com base nos conhecimentos de matemática e raciocínio lógico. Vale ressaltar que além dos recursos oferecidos pelo Instituto Algar, a equipe do Departamento de Tecnologia e Informação Educacional (Detic), conseguiu adaptar os computadores (UCA´s), para trabalhar com a plataforma.

A assinatura do termo também foi feita na presença de Gerson Sebastião de Souza, diretor de Relacionamento com Mercado da Algar, pela líder social do Instituto Algar, Mônica Carneiro, pela voluntária do Instituto Vanessa Ávila, da secretária Municipal de Educação, Silvana Elias e diretores de 12 escolas da rede, com alcance de mil alunos para o desenvolvimento do projeto.

Piau destacou um ponto importante discutido no último encontro da Frente Mineira de Prefeitos, em que se constatou, mais uma vez, a necessidade do investimento na educação básica, para o crescimento do país. "Quando vejo uma proposta dessa, com o Instituto Algar, significa esperança. Agradeço ao grupo, pois mesmo na crise, compreendeu que é possível fazer um pouco mais, fortalecendo a educação, o município e o nosso país", ressalta.

Ele ainda pontuou a participação de lideranças à frente do projeto, cumprimentando os diretores que aceitaram o desafio de utilizar mais uma ferramenta em prol da educação. "O sucesso de uma escola depende em 50%, do empenho e gestão dos diretores", completa.

Silvana Elias acrescentou o valor de parcerias com o Instituto Algar, assim como com universidades e outras empresas, que priorizam as ações para a educação. "Educar é um ato de solidariedade e hoje damos mais um passo nessa direção da parceria. O bom uso da tecnologia é um clamor social. Entre 70 países, o Brasil ainda está em 66º lugar em raciocínio lógico-matemático. Uma parceria como essa fará diferença no desenvolvimento econômico", diz. Para ela, o Instituto está prestando um serviço relevante e não se pode abdicar de atitudes como essa.

Gerson Sebastião, da Algar, agradeceu o acolhimento ao Instituto e ao projeto Conectados. "Sou um entusiasta da educação e não tenho dúvida de que o Brasil só mudará pela educação. Não tem outra realidade e não adianta inventarmos planos mirabolantes. Com a educação, muda-se a visão de mundo, vem o empreendedorismo, a mudança de paradigmas".

De acordo com ele, a plataforma é fruto de um trabalho com uma empresa israelense, que tem hoje no mundo a maior tecnologia desenvolvida em termos de ensino. E em Uberaba, haverá ainda uma ação inédita, que é o trabalho com os UCA´s.

Os diretores presentes assinaram o compromisso de acompanhar o trabalho do Instituto e dos professores na evolução do programa, agradecendo a oportunidade de fazer a diferença na rede pública.

A parceria tem como base uma plataforma de aprendizagem, na qual coordenadores pedagógicos, professores e alunos terão acesso. O professor escolhe o jogo e as tarefas de acordo com a necessidade do aluno. Se ele, por exemplo, perceber que falta algum conhecimento do quarto ano, ele poderá acessar o jogo que mais condiz com aquele conteúdo. O programa é direcionado a mil alunos do ensino fundamental, dos 4º e 5º anos, sendo que os educadores terão acesso aos jogos para todas as séries.

Já os professores e coordenadores pedagógicos receberão treinamento presencial e à distância, para que estejam "Conectados", com as propostas do Instituto Algar.

* Semed PMU