Semam participa de treinamento visando à implantação da Coleta Seletiva em Uberaba

coleta seletiva

A equipe executiva do Programa de Educação Ambiental para a Coleta Seletiva da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, participou nesta quarta-feira (15) de capacitação promovido pela empresa VLI – Valor da Logística Integrada, em parceria com a Prefeitura de Uberaba e Cooperativa dos Catadores de Uberaba (Cooperu), iniciando o processo de implantação da coleta seletiva no Município, que será realizada por etapas.

Segundo a gerente do Programa de Educação Ambiental, Letícia Rezende Giani, além dos servidores da Semam, participou do curso os catadores da Cooperu e voluntários que atuarão no projeto junto à comunidade. Durante o treinamento eles receberam informações sobre a importância da educação ambiental, os benefícios da coleta seletiva para o Município e como a Cooperativa, o Poder Público e a população devem trabalhar para o sucesso do projeto.

"Essa é a primeira de uma série de capacitações, pelas quais iremos passar até a implantação da coleta seletiva. A partir de setembro, acreditamos que as equipes executivas do PEA, juntamente com os grupos de voluntários, já estejam prontas para atuar no trabalho educacional junto à população nos bairros", explica Giani.

Os primeiros bairros onde o PEA será trabalhado serão o São Benedito, Santa Maria e Boa Vista. Os moradores vão receber informações sobre a importância da coleta seletiva e da reciclagem, como fazer a separação dos materiais a serem descartados e como destinar de forma adequada os resíduos que serão gerados dentro do ambiente doméstico.

"A Semam recebe com frequência denúncias de descartes irregulares, então, as equipes de voluntários serão capacitadas para transmitir à população informações sobre como proceder com o material reciclável, o que colocar pra coleta convencional e qual a destinação correta dos resíduos de construção civil, pilhas, baterias e etc", ressalta.

O mesmo trabalho também será realizado nos condomínios residenciais e comerciais da cidade. A meta é que a coleta seletiva seja implantada em todo o município até 2020.

Secom/ PMU