Prefeitura avança dialogo para a instalação de empresa chinesa

Desenvolvimento Econômico

A visita é resultado da viagem institucional de Piau à China em maio deste ano

Prefeitura de Uberaba deu mais um passo para consolidar a chegada de nova fábrica internacional em Uberaba. Depois da formalização do Centro Soluções Compartilhadas (CSC), da Mosaic, onde foi entregue oficialmente e em um curto espaço de tempo o termo de doação definitiva da área para a empresa, o prefeito Paulo Piau, o secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedec), José Renato Gomes, a secretária adjunta, Anne Roy Nóbrega e o assessor Estratégico de Assuntos Regionais, Glauber Faquineli estiveram reunidos com a diretora de Projetos Importantes, Michele Wang, da empresa chinesa Hanergy Thin Film Power Brasil para tratativas quanto à instalação da empresa em Uberaba.

No começo de agosto, Han Rui, CEO da empresa chinesa Hanergy Thin Film Power Brasil, esteve em Uberaba com sua equipe para estabelecer um contato mais próximo com a prefeitura. Na oportunidade foram destacadas as potencialidades de Uberaba no panorama internacional de investimentos em diversas áreas.

Segundo o prefeito Paulo Piau, Uberaba está cada vez mais internacionalizada e no foco do investidor. "A representante da empresa Hanergy veio analisar a estrutura da cidade e o que podemos oferecer em termos de serviços e quais os requisitos que a empresa precisa para que ela seja eficiente. Até agora pudemos comprovar que Uberaba tem surpreendido positivamente novos investidores que estão buscando a cidade. Esse é um processo, mas estamos com uma excelente expectativa de que tudo dê certo!", destaca Piau.

Glauber Faquineli acompanhou a diretora em uma visita ampla para que pudesse conhecer as potencialidades geográficas, sociais e econômicas do município.  A representante visitou o Porto Seco, em área onde funcionará a Zona de Processamento de Exportação (ZPE) e, recebeu informações para a formalização da parceria e as facilidades oferecidas pela prefeitura em relação aos incentivos fiscais.

Segundo Michele Wang, a visita é para melhor conhecer o potencial e as principais qualidades que Uberaba pode oferecer. "Vamos avaliar toda a apresentação feita. Mas o apoio, os incentivos fiscais por parte do governo municipal, as estratégias oferecidas para atender o mercado nacional e toda a América Latina tem muita influência, além das oportunidades e facilidades de logística e benefícios da ZPE", disse Wang, se referindo a Zona de Processamento de Exportação.  

O secretário da pasta, José Renato Gomes, foi categórico em dizer que o município está à disposição e se comprometeu a atender e dar celeridade às necessidades da empresa, que visa à geração de aproximadamente 500 novos postos de emprego.

"Nosso maior lucro é ver empresas como esta se instalando em Uberaba e tendo sucesso que resulte em geração de empregos e renda. A indústria não pode deixar de cumprir seus prazos, por dificuldades criadas para a liberação de licenças e trâmites burocráticos. Estamos aqui para oferecer todas as condições para que a empresa opte por Uberaba", disse José Renato. 

SECOM/PMU