Polícia prende três criminosos do assalto da Rodoban

Rodoban

Pelo menos três pessoas da quadrilha do maior assalto já retratado na história de Uberaba (MG), foram presas no início da tarde desta terça-feira (07), depois do susto que apavorou a cidade, ao explodirem a empresa de transporte de valores Rodoban, na madrugada da última segunda (06).

O assalto milionário à Rodoban foi destaque nos principais veículos da imprensa do país. Foram presos, dois homens e uma mulher, por suspeita de envolvimento neste assalto: Agnaldo Francisco da Silva Pereira, vulgo Magna, integrante do PCC (Primeiro Comando da Capital - São Paulo), que apresentou documento falso em nome Agnaldo Fernandes Lima; sua esposa, Camila Pereira da Silva; e Anderson Manoel de Souza, vulgo Nativa, também integrante da facção PCC.  

A ação policial, desencadeada através do compartilhamento de informações entre os Serviços de Inteligência das Polícias Militares de Minas Gerais e Goiás, integradas com a Polícia Federal, levou a prisão dos três envolvidos, encontrados em Caldas Novas (GO) a 286 quilômetros de Uberaba.

Conforme informações da Polícia Militar, de Uberaba, foram apreendidos uma grande quantidade de dinheiro, três pistolas semi-automáticas, vários celulares e três veículos de alto custo, como uma Range Rover, um Kia Cerato e uma camionete Toyota Hylux.

Segundo a PM, Magna, morava há um ano em Caldas Novas em uma residência considerada de alto padrão, fruto da participação de várias ações criminosas pelo país.

Com a prisão, as polícias darão continuidade às investigações, para que se chegue à prisão dos demais autores do assalto em Uberaba.

Os três autores, juntamente com as armas e o dinheiro localizados foram apresentados nesta tarde à imprensa da cidade de Goiânia (GO).

Diante da prisão, o Comandante da 5ª Região da Polícia Militar, Coronel Lupércio Peres Dalvas, juntamente com o Delegado Chefe do 5º Departamento de Polícia Civil, Hely Andrade, se deslocaram para Goiânia a fim de acompanharem a apresentação dos presos, e participarem de reunião para traçarem diretrizes para a prisão dos demais autores.

 

apreensão
Parte dos objetos e dinheiro apreendidos em poder dos envolvidos

Investigações - Durante o atendimento da ocorrência de roubo na Rodoban, um militar de Uberaba encontrou uma sacola com alguns papéis, sendo que um deles se tratava de um recibo de uma casa de ferragista existente na cidade de Araguari (MG).

De posse desse documento o Serviço de Inteligência (SI) da 5ª RPM acionou o SI do Batalhão de Araguari para que averiguasse a situação. Na loja há circuito interno de câmeras, que filmou um cidadão comprando cerca de 20 metros de corrente e dois cadeados, que foram pagos com cartão de crédito.

Através dessas informações, o SI de Uberaba e de Araguari, integrados com a Polícia Federal, conseguiram obter o endereço do autor Magna em Caldas Novas.

A partir daí, militares do Batalhão de Caldas Novas foram acionados e montaram uma operação de cerco na residência do autor Magna, logrando êxito na localização das armas, do dinheiro e dos veículos, prendendo os três autores, que confessaram a participação no assalto em Uberaba.

Veja na galeria abaixo, os veículos apreendidos e a casa onde residia um dos autores.

* Redação/Daniel Afonso/Fonte:PMMG