Consórcio intermunicipal de saúde ganhará novo modelo de gestão

amvale

Prefeitos da Amvale querem reunião com o governador Romeu Zema 

A situação do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Vale do Rio Grande (Cisvalegran) foi um dos temas da reunião da Associação dos Municípios da Microrregião do Vale do Rio Grande (Amvale), nesta terça-feira (12), em Uberaba. Como forma de buscar o ‘encontro de contas’, de acordo com o presidente da entidade e prefeito de Uberaba, Paulo Piau, agenda reunindo os secretários de saúde dos onze municípios consorciados, deverá ser agendado e coordenado pelo titular da Pasta de Uberaba, Iraci Neto.

O Cisvalegran - presidido pelo prefeito de Delta, Marcos Roberto Estevam, tem créditos com algumas prefeituras relativos ao período de 2008 e 2010, ou seja, fora da gestão dos atuais prefeitos.

“Somos responsáveis e temos que dar segmento nas atividades”, observou Paulo Piau, ao assinalar que para funcionar bem qualquer consórcio depende, fundamentalmente, do comprometimento de cada Prefeitura consorciada.  “A nossa proposta é que o Cisvalegran seja reorganizado, através de modelo mais racional e com redução de custos administrativos e operacionais”, defendeu Piau.

Outros enfoques - Ainda na reunião, foi aprovado o encaminhamento de solicitação de encontro de prefeitos da região com o governador Romeu Zema, durante a ExpoZebu, em Uberaba, para que a Amvale apresente conjunto de demandas de interesse regional. Enquanto isso, o novo secretário Executivo da associação, José Luiz Alves, relatou suas primeiras gestões e ações com o foco no atendimento às demandas dos municípios.

Texto: Jorn. Lúcio Castellano (Secom-PMU)