Vereadores entregam ofício ao prefeito contra o aumento da tarifa de água anunciado pelo Codau

Codau

Na manhã desta segunda-feira (3), os 14 vereadores entregaram, pessoalmente, ofício ao Poder Executivo contestando o reajuste de 9,8% na tarifa de água anunciado pelo Codau. O documento também foi encaminhado ao presidente da autarquia, Luiz Guaritá Neto.  

De acordo com o vereador e presidente do Legislativo, Luiz Dutra (MDB), a iniciativa visa a atender aos reclames da população. “Estamos aqui como representantes do povo para entregar esse documento ao prefeito, para que ele possa fazer uma apreciação. Esperamos que ele seja sensível e nos atenda”, afirmou o presidente da CMU.

Dutra ressaltou também que o aumento na tarifa vai de encontro ao momento econômico pelo qual o país atravessa. “O acréscimo poderia ser deixado para um momento mais oportuno”, argumentou o parlamentar, revelando que a decisão será anunciada ainda hoje pelo prefeito Paulo Piau.  

No ofício, os vereadores alegaram que o reajuste prejudicará a faixa mais pobre da população, mesmo aqueles inclusos na prerrogativa de pagar a tarifa social. Os parlamentares compararam o acréscimo anunciado pelo Codau ao do salário mínimo para 2019, fixado em 5,45%.

O aumento da tarifa de água foi anunciado pelo Codau no último dia 22. A justificativa foi de que o reajuste de 35,56% adotado pela Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) teria gerado grandes impactos nas despesas da autarquia.

Comunicação CMU