Hospital Regional de Uberaba tem aprovação de 98,8% dos pacientes

Hospital Regional Uberaba

A avaliação faz parte da apresentação dos índices do primeiro biênio de funcionamento do Hospital Regional José Alencar que ainda recebeu a certificação de Acreditação.

A direção do Hospital Regional José Alencar apresentou nesta quarta-feira (08) em comemoração aos dois anos de funcionamento da unidade hospitalar - que atende Uberaba e mais 26 municípios da região - o balanço referente ao período compreendido entre setembro de 2017 e dezembro de 2019.

Os números positivos foram apresentados pelo diretor Administrativo da unidade, Frederico Guglielmi Ramos, na presença do prefeito Paulo Piau, do vice-prefeito João Gilberto Ripposati, do secretário municipal de Saúde, Iraci José Neto, dos presidentes das gestoras do Hospital Regional: Marcelo Palmério pela Sociedade Educacional Uberabense (UNIUBE) e José Eduardo dos Reis Felix pela Fundação de Ensino e Pesquisa de Uberaba (FUNEPU), bem como outras autoridades políticas e convidados.

Segundo Ramos os números comprovaram a efetividade nos atendimentos, mostrando que o trabalho realizado pela equipe técnica e de colaboradores do hospital está sendo muito bem executado, mesmo diante da crise econômica enfrentada. De 2017 a 2019 os números apresentaram crescimento expressivo. As internações passaram de 386 em 2017 para 2.055 em 2018, e 2.373 em 2019. Foram realizadas 81 cirurgias em 2017, 902 em 2018 e 1.490 em 2019. Ocorreram 294 atendimentos ambulatoriais em 2017, 12.615 em 2018 e 18.913 em 2019. Os exames de imagem passaram de 1.292 em 2017 para 19.981 em 2018, alcançando 37.974 em 2019. Finalmente, foi registrado crescimento de 12.859 exames laboratoriais em 2017, para 66.198 em 2018 e 83.913 em 2019.

“Não é uma tarefa fácil, mas a realidade da saúde pública municipal mudou bastante depois do Hospital Regional e isso comprova a importância que Uberaba tem em relação ao cenário estadual e federal”, disse o prefeito Paulo Piau, que fez questão de agradecer o empenho de todos os envolvidos.

Já o secretário Municipal de Saúde, Iraci Neto, destacou a relevância do hospital mesmo diante da dificuldade em relação aos repasses. “São dois anos e quatro meses de operação com 60 leitos. Atendendo extremamente bem a população de Uberaba e região com uma satisfação próxima a 100%. Dentro do núcleo de municípios que estão com os repasses em dia, estamos contando apenas com sete. Mas, independente dos repasses na sua integralidade, os Municípios permanecem tendo acesso ao hospital sim, até mesmo porque a determinação do Prefeito Paulo Piau é mantermos a preocupação com a vida do cidadão, não somente de Uberaba, mas de toda a região”, disse Iraci.

O presidente da FUNEPU, José Eduardo Felix, relatou fazer "uma análise positiva com a resolutividade que a gente vem obtendo nessa ação da assistência. Depois que houve alteração do perfil, o hospital segue um perfil clínico, um perfil cirúrgico. Nós observamos que houve um dinamismo muito maior nessa demanda necessária pela população."

Ao final do evento, que foi promovido pelas gestoras do Hospital Regional, o diretor Administrativo informou que conquistou em dezembro de 2019 a certificação de Acreditação junto à Organização Nacional de Acreditação (ONA), tornando-se o segundo hospital da Macrorregião do Triângulo Sul, juntamente com o Mário Palmério Hospital Universitário (MPHU), a obter referida certificação.

Hospital Regional conquista certificado de Acreditação em qualidade e segurança do paciente

Operando em sua primeira etapa de implantação, o hospital foi reconhecido pela qualidade de seus processos internos e fluxos, tendo por foco a qualidade e segurança do paciente

A Organização Nacional de Acreditação (ONA) empresa responsável pelo desenvolvimento e gestão dos padrões brasileiros de qualidade e segurança em saúde, conferiu ao Hospital Regional José Alencar, o certificado de Acreditado Nível I que visa a padrões de qualidade e segurança do paciente assistido. O resultado mostra que a unidade de saúde consagrou-se nos seus primeiros dois anos em uma das 336 instituições do Brasil a ser certificada, o que representa apenas 5,6% do total de hospitais em todo o País.

Em Minas Gerais, dos 596 hospitais, apenas 38 são certificados e, em Uberaba, além do Hospital Regional José Alencar, apenas o Mário Palmério Hospital Universitário possui Acreditação junto à ONA.

De acordo com o diretor Administrativo do Hospital Regional, Frederico Guglielmi Ramos, a solicitação de Acreditação é realizada de forma voluntária e ocorre quando uma instituição solicita à empresa certificadora o encaminhamento de auditores especializados para avaliar todos os fluxos, que incluem os processos administrativos e hospitalares, protocolos, boas práticas, dentre outros. “Após a realização da avaliação pelos auditores, a equipe constatou a adequação dos pontos supramencionados — dentro dos critérios de conformidade, parcial conformidade e não conformidade. São avaliadas centenas de aspectos e, ao final, para obter a Acreditação, a instituição solicitante deve comprovar o cumprimento dos critérios para segurança do paciente para certificação nível I”, explica.
O prefeito Paulo Piau destacou, sobre a conquista do Hospital Regional José Alencar, que Uberaba mais uma vez foi reconhecida pelo trabalho que vem sendo realizado na área da Saúde. “Só dois hospitais locais são Acreditados. Em Uberlândia, o mesmo número – sendo um particular. Conseguir a Acreditação é muito satisfatório para todos os envolvidos. Além do índice de satisfação dos clientes, a certificação mostra que toda a parte interna funciona muito bem. O Hospital Regional veio para ficar e ser uma das principais referências da saúde no País”, destacou Piau.

Jorn. Sabrina Alves